Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

quarta-feira, janeiro 23, 2013


Já não te vejo!
Fecho os olhos e tento imaginar o teu rosto, a cor do teu cabelo, o teu olhar, a maneira de andar...
Mas a imagem está desfocada, distante, ausente de mim...
Não te vejo...
Mas sinto-te...
Ainda tão perto, tão presente, tão amado...
Ah... Como eu queria que já não fizesses parte dos meus pensamentos... dos meus sonhos!
Como eu queria que os meus olhos, já não te procurassem por entre a multidão...
Como eu queria que o meu coração, já não acelerasse, cada vez que o telefone toca!
Já não te vejo...
Será que algum dia te vi...?
Mas sempre te olhei!
Sempre te desejei!
Sempre te amei!
Mas nunca te contei!
Nunca irás saber... a importância que tiveste na minha vida!
Não soubeste dar valor aos meus sentimentos...
Agora...
Já não te vejo...
Estás desfocado, longe, inatingível...
Ou será que fui eu que me afastei?...
Pensar em ti, já não dói com a mesma intensidade de antes...
Já não te vejo...
Mas ainda te sinto...
Aqui!... Dentro de mim...

4 comentários:

.:Freya:.e.:Ártemis:. disse...

Venho retribuir a sua visita!!vou voltar...saiba que será sempre bem vinda na minha "casa"!

Ártemis

Sandra Silva disse...

ao poucos...

SEX IS MY LIFE disse...

Belo texto.... não enxergar mas sentir a presença de alguém que se ama indica muito amor!
Primeira vez aqui... de muitas!
Visite também:
http://www.integraldemim.blogspot.com

Vício de Ti disse...

O sentir é ainda amar :)

beijinhos