Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

quinta-feira, fevereiro 28, 2013


Gosto tanto da minha capacidade de me surpreender a mim própria, all the time.
E de ouvir da minha boca, coisas que julgaria impensáveis.
Com tanta vontade.
E à-vontade...

Só não sei se lhe chamo coragem ou loucura.

Ai... é hoje...que a cobra vai fumar!


Se certas pessoas fossem ficheiros electrónicos a extensão era .fdp



HOMENS....

   
Conversa no café...
Amiga: Isto está cada vez pior, mais assaltos a empresas, na rua, ando sempre com medo!
Eu: É verdade, mas olha que não tenho medo, sei lá... acho que não me vai acontecer.
Amiga: Dizes isso porque só trabalhas com homens, estás bem guardada...
Eu: Achas que é por isso? Talvez tenhas razão... não sei...
Amiga: No escritório somos só 3 mulheres e é fácil sermos assaltadas.
Eu: deixa lá... não penses nisso, vamos mas é trabalhar.
Entro no escritório e vejo um colega de esfregona na mão  na direcção do tecto totalmente em pânico.
-Que foi??? Que se passa?... fiquei assustada também.
Olho para a empregada de limpeza que estava de saída e vi-a sorrir e encolher os ombros:
É uma aranha menina, o seu colega tem medo...
Ahhhh... okay...uma aranha...
E estou segura não é Carla? Os homens protegem-me...

quarta-feira, fevereiro 27, 2013


O que a tua mãe sente por ti, é amor.
O que os teus verdadeiros amigos sentem por ti, é amor.
O que o teu animal de quatro patas sente por ti, é amor.
Então pára de dizer que amar não vale a pena, só porque houve alguém que não te soube dar valor!

Faz dois anos que nos deixaste mas continuas sempre presente no nosso coração.
Falamos em ti quando vamos a lugares de que gostavamos de visitar juntos.
Pensamos em ti quando temos sucessos, ou quando brindamos a vitórias alcançadas.
Lembrámo-nos de ti quando tivemos uma última multa...
E rimos... rimos muito, porque nos lembramos daquela vez...
Aquela... em que desafiaste o policia quando resolveste fazer um "quatro" cambaleando...
 Eras e serás sempre uma pessoa muito especial para todos nós.
Fazes-nos falta.
É verdade!
Sentimo-nos tristes por não partilharmos contigo muitos assuntos mas temos o gosto de ter feito muitas coisas importantes contigo.
Mesmo sentindo a tua falta continuamos a divertir-nos, porque era assim que querias que fosse, porque a vida não acaba para todos, só para alguns, como sempre fazias questão de frisar...
Sabes...continuamos a discutir, e às vezes zangamo-nos mas fazemos logo as pazes como tu fazias.
A tua presença continua tão próxima …
A tua gargalhada sempre tão genuína continua a ecoar nos nossos ouvidos.
Estás aqui... num cantinho especial dos nossos corações.
Porque...
Existem lugares que nunca voltarão a ser preenchidos.
Ficam ocupados por quem lá esteve.
Pertencem a quem deixou recordações.
As memórias preenchem a sua falta.
As recordações ocupam o vazio deixado.

( O teu continua vazio...)






terça-feira, fevereiro 26, 2013


Sabem aqueles soldados da GNR gordos, barrigudos, de bigode e mal cheirosos?
Esqueçam... já são mito urbano...
Agora o que está  dar são moçoilos de 1,90, bonitos e musculados...
Não acreditam?... Acreditem...
Fui agorinha mesmo obrigada a parar numa operação STOP...
E fiquei sem fala perante o espécime que me pedia os documentos com um sorriso enorme.
Sabem aquele ar aparvalhado de quando não sabemos o que dizer ou fazer.
Pois bem... para não fugir à regra, lá tinha eu de fazer asneira.
Entreguei os documentos, e o sorriso dele ainda se abriu mais...
E disse calmamente:
Com esta carta de condução não vai longe... e até porque é muito mais bonita que ele!
Upss... que já fizeste asneira Lírio Maria...
Lá dei a minha carta, pedi desculpa e sorri timidamente... eles ficaram a rir à gargalhada...
:(

(Pois acreditem ou não, eu dei a carta de condução do Depp que comprei como souvenir nos States)


QUANDO UM PEQUENO GESTO FAZ TODA A DIFERENÇA...


Principalmente quando a vida de muitas  crianças e adultos, dependem de um pequeno gesto nosso.
Doar medula óssea não mata, não dói, e não nos prejudica já que a medula regenera rapidamente...
E dá esperança de voltar a viver a quem precisa.
Aqui fala-se do Rodrigo, mas podíamos falar da Ana, da Rita, do João, do Pedro, etc...
Pode ser o vizinho, o amigo, o familiar...
Nunca sabemos quando poderá bater à nossa porta uma situação semelhante a esta.
E mais que gesto de profunda generosidade, é um gesto de amor...

(Vou contar-vos uma pequena história do Santiago, uma criança de 4 anos que conheci há uns anos atrás no Hospital da Marinha, quando precisei de fazer tratamentos hiperbáricos, era uma criança irrequieta, [como o são todas as crianças da idade dele], de olhos grandes e expressivos... só lhe conseguia ver os olhos, já que usava máscara de protecção, chegavamos sempre à mesma hora, lá vinha ele... falador... com a mãe e a irmã bebé.
Um dia resolveu falar comigo, sentou-se a meu lado e sem que eu lhe perguntasse algo disse-me:
"Sabes, eu estive muito doente... (pausa...senti um nó na garganta e os olhos a humedecerem), queres ver a minha cabeça? Não tem cabelo... mas vai crescer...
Queres conhecer a minha irmã? Foi ela que me salvou... Sabes porque ela nasceu?
Para me salvar."
E continuava falando sem parar... como é normal nas crianças, mas eu deixei de ouvi-lo, a minha atenção estava virada para aquela mulher ainda jovem, que se notava a falta de bens materiais, mas que não hesitou em ter outro bebé mesmo sem condições, para poder salvar o outro filho...)

Se isto não é amor... Expliquem-me o que é.

{foi um pedido especial de um amigo, foi de coração Sérgio}

Querem crer que há pouco, um "amigo" brasileiro do FCBK, "agarroíde" de verdadeiros amigos que residem no Brasil, me perguntou:
"Onde fica Portugal?"...
 Respondi "Algures entre Paris e Marrocos...".
Há que ser humanista!

segunda-feira, fevereiro 25, 2013


Decidi seguir a filosofia de um querido amigo...
Que certo dia cheio de razão disse:

Se a Gaga pode, eu também posso !


E chuta p'ra canto... :)






Há dias assim...

Que sem pedirem licença, irrompem pela nossa vida e mudam tudo.
Porque tinha de ser assim.
E de repente, o meu mundo tornou-se muito mais bonito.


E eis que ontem mais uma vez, surgiu em conversa a questão de arriscarmos e atirarmo-nos de cabeça sobre alguém que capta o nosso interesse.
E estando meio doente e deitada o dia todo, sem nada de especial a dar na TV, entre lenços e sestas longas, saiu isto dos meandros do meu cérebro:

Se não há ninguém que me capte o interesse de forma avassaladora, vale a pena levar a cabo a árdua tarefa de arriscar?
Ou será que sou eu que ato as minhas próprias mãos de tal forma para ter a desculpa de não poder arriscar?

sexta-feira, fevereiro 22, 2013



SE QUISEREM AJUDAR JÁ SABEM...


ELES PRECISAM....
:)

BOM FIM DE SEMANA A TODOS!





DIVIRTAM-SE!


SABEM QUAL A SEMELHANÇA
ENTRE ESTES DOIS VESTIDOS...


E O JOHN TRAVOLTA?...



NENHUM DELES DEVIA TER SAÍDO DO ARMÁRIO...

quinta-feira, fevereiro 21, 2013



A PRÓXIMA VEZ QUE ENTRARES NO MEU GABINETE SEM BATER À PORTA E AO SALTOS ARMADO EM KANGURU...



...COM PERGUNTAS IDIOTAS COMO TU...
EM VEZ DE UM BERRO, LEVAS COM O AGRAFADOR NA "CORNADURA"
É QUE JÁ NÃO HÁ PACHORA PARA ESTE TÓINO...


Suri dedicou-me um texto que me comoveu bastante,
nem tanto pelo conteúdo (que já conhecia) mas pela acção…

[roubado descaradamente do blog da Suricate]

E fiquei a pensar…
Como é possível que pessoas que não nos conhecem pessoalmente consigam chegar mais depressa ao nosso coração que aquelas que consideramos amigos.
Aqueles amigos dos copos, dos jantares, das idas à praia e até aqueles que já carregamos desde o tempo de escola…
Normalmente perguntam-nos por cortesia, “então como estás?”
Ao que simpaticamente respondemos que está tudo bem, e eles nem olham para os nossos olhos.
Quantas e quantas vezes lhes respondi com os olhos húmidos de amargura.
Quantas vezes sorri e brinquei, com os olhos arqueados de desgosto.
Quantas vezes lhes ofereci o meu ombro para chorarem, e as nossas lágrimas juntaram-se sem que dessem por isso…
Por isso eu desconfio sempre desta frase "os olhos são o espelho da alma"…
Ou disfarço bem, ou as pessoas andam distraídas…
Ou então… consigo exprimir-me melhor por palavras que por olhares…

Duvido…

(isto tudo para agradecer à Suricate… podia ter simplificado né?)
Mas como ela diz e muito bem... já passou!

Obrigada!


SERÁ QUE PODEM EXPLICAR-ME...



PORQUE RAIOS O BICHO DO CAVALHEIRISMO SÓ ATACA OS HOMENS QUANDO AS MULHERES VÃO SUBIR AS ESCADAS DE SAIAS...

[É uma das coisas que me faz imensa confusão...]

quarta-feira, fevereiro 20, 2013



SOU SÓ EU QUE ACHO...


QUE USAR GALOCHAS COM MINI SAIA É FEIO!...
É QUE NEM COM ORDEM DO PAPA.
(que já não é...tadito)

(não se assustem, este blog não virou stylist, foi só um aparte)


PÉROLA DO DIA...



Ah pois é...
Quando acho que já não me consigo surpreender mais...
(ou seja, que já fiz as asneiras todas a que tenho direito nesta vida)
Eis que chega um e-mail com a seguinte mensagem:
"Exma sra/menina (adorei a parte da menina) mas adiante...
Venho por este meio agradecer o seu contacto, no sentido de agendar a reunião por nós solicitada, desde já agradeço o facto de a ter marcado para depois da saída da Troika no nosso país, mas não sei se ainda cá estarei em 2015... uma vez que a vida é cheia de mistérios.
Pelo exposto agradeço desde já uma nova marcação para este ano, caso seja possível.
Assinado: Eng.___________ CMF"

e eu com cara de espanto... heim? O homem passou-se...

(Como já devem ter reparado não sou eu é a Jolie,mas basicamente é o mesmo)

Claro que fui a correr ver o meu e-mail, prontinha para lhe responder à letra,
mas... o raio do e-mail dizia assim:
" ........ venho por este meio confirmar reunião para dia 25/02/2015......
Ora então...se me dão licença... 
Vou ali bater com a cabeça na parede e já volto... 


Sabes...
Agora sinto-me sempre sozinha...
Mas não faz mal, já não me é algo estranho, agora soa-me a familiar.
Faz parte de mim.
É tão meu quanto o meu fígado e o meu coração.
Se não podes com eles, junta-te a eles não é?
E eu juntei.
Abracei de braços abertos a solidão.
Mergulhei completamente no seu colo.
Se queres saber, estou bem assim.
As desilusões são menos.
A solidão agora é minha.
Já me é osso.
E já nem sei viver sem ela.

terça-feira, fevereiro 19, 2013


Fecho os olhos...
Imagino a minha expressão.
Deve estar calma e serena!
Tenho que admitir não tenho qualquer esperança de vê-lo.
Já não posso sonhar mais.
Tenho que dar esta etapa por encerrada!
Sinto o tempo... Como se ele me pudesse tocar...
O que eu achei que ia ser "antes", nunca será "depois"!!!!
Algo em mim mudou...
A dor muda as pessoas!
Modifica-nos...
O nosso interior muda...
O coração entristece...
Dói saber que nunca seremos "dois"!
Mas seguirei a minha vida, sendo sempre "uma"!!
Vou continuar a minha jornada, à procura de cura, para o que me destrói por dentro!!!
E pelo caminho levo saudades, lembranças, algumas palavras de carinho e esperança!!
Imensas ilusões...
Vou caminhando pela estrada da minha vida...
Nem vou olhar para trás...
Tenho medo de voltar a olhar para o teu sorriso, e não conseguir seguir em frente!
Vou tentar esquecer a cor dos teus olhos, o som da tua voz...
E...
Quem sabe...
Um dia ainda vou conseguir olhar para trás, já sem medo...
Sem mágoa...
Mas com muitas saudades...
E assim, desta maneira, eu despeço-me de um sonho!...
Que foi só meu!!
Muito meu....

segunda-feira, fevereiro 18, 2013


Lei de Murphy para os homens




Meninas prestem  muita atenção nesta lista de itens da Lei de Murphy sobre os homens:
[... e o Murphy era um gajo que percebia das coisas]

1 - Os homens simpáticos são feios.
2 - Os homens bonitos não são simpáticos.
3 - Os homens bonitos e simpáticos são gays.
4 - Os homens bonitos, simpáticos e heterossexuais estão casados.
5 - Os homens que não são lá muito bonitos, mas são simpáticos, heterossexuais e que não estão casados, não têm dinheiro.
6 - Os homens que não são lá muito bonitos, mas são simpáticos, heterossexuais, não estão casados, mas têm dinheiro, pensam que andamos atrás deles pelo dinheiro.
7 - Os homens bonitos, simpáticos, heterossexuais, mas sem dinheiro, andam atrás do dinheiro da mulher.
8 - Os homens bonitos que não são lá muito simpáticos, mas são heterossexuais e não ligam para o dinheiro, acham que a mulher não é suficientemente bonita.
9 - Os homens bonitos, simpáticos, heterossexuais, não casados, com dinheiro e que acham que somos lindas, são covardes.
10 - Os homens ligeiramente bonitos, algo simpáticos, não casados, com algum dinheiro e, graças a Deus, heterossexuais, que nos acham lindas, são tímidos e nunca dão o primeiro passo.
Agora perguntamos nós:
Será que não há homens só um "tiquinho" perfeitos?
Acho que  podemos concluir que "os homens são como vinho":
Começam como uvas e é dever das mulheres pisá-los e mantê-los no escuro durante longos anos até se tornarem algo que vale a pena apresentar ao jantar.

{não venham já com sete pedras na mão, que não fui eu que escrevi isto, encontrei por aí...
E não estava assinado, nem imagino porquê...}



Já aqui tinha dito que a Miss Libelinha é uma querida
Mas nunca é demais reforçar!


GANHEI MUITO MAIS QUE UM CORAÇÃO...


GANHEI UMA AMIGA.
OBRIGADA!...

{vês como eu também sou jeitosinha...  fiz um coração para ti com o fio do embrulho...}

sexta-feira, fevereiro 15, 2013



Quantas vezes a decepção me obriga a deixar de acreditar no que julgava estar certo, impedindo-me de sonhar e destruindo-me por dentro...
Quantas vezes ofereci uma flor e recebi espinhos...
Já dei um sorriso sincero e devolveram-me um sorriso irónico.
Tantas vezes tentei expressar confiança e tive de volta muito desprezo.
Por vezes baixei a cabeça para não julgar, e mesmo assim fui condenada.
Já ofereci afecto e recebi insultos.
Já ofereci o meu coração e nele só entrou ingratidão!
Quantas vezes incentivei para logo a seguir ser desencorajada...
Já fui considerada ninguém...
E senti-me desfalecer angustiada, como se fosse empurrada para o abismo destruindo tudo à minha volta.
Já pensei que conhecer alguém que... afinal não conhecia.
Já pensei que estava ao lado de alguém, mas afinal estava longe!
Já tive amigos que não passavam de conhecidos, pensei ter companheirismo, mas tudo não passava de mentiras.
Quantas vezes tentei dar alegria e acabei por ter uma decepção.
Mas estas decepções fortalecem-nos com o tempo e fazem-nos encarar a vida de uma forma totalmente diferente...

quinta-feira, fevereiro 14, 2013



PORQUE É PRECISO TÊ-LOS NO SÍTIO... PARA CONFRONTAR O PRÓPRIO PARTIDO ASSIM




PORQUE OS REBELDES SÃO SEMPRE APENAS PESSOAS DEMASIADO SENSÍVEIS




quarta-feira, fevereiro 13, 2013


É quando não consigo chorar que sei que estou verdadeiramente triste.

Lembram-se da minha amiga Maria?
Aquela que nos deixou no fim do ano passado...
Lembram-se que deixou uma menina com quase 3 anos... A Vitória!

(O pai diz que sempre que vê um telefone a Vic quer ligar para mim)

Ontem na hora do almoço o telefone tocou, era o João o pai da Vic.
Podes ajudar-me? Pediu-me ele algo desesperado...
A Vic não se quer mascarar, quer falar contigo!
-Tia... não me quero mascarar de abelha (soluçando)
-Não chores querida, a abelha é tão linda... tem bolinhas amarelas que tu gostas...
-Mas eu não quero... (agora chorava mesmo)
-Ó Vic... mas as tuas amiguinhas também vão mascaradas, assim não vais ficar linda como elas...
-Mas eu quero ficar linda, só não quero a abelha...
-Então porquê querida?
- Porque a professora disse para me vestir como alguém que eu goste, e eu não gosto de abelhas...
-(tens razão, pensei eu, mas continuei...) Porque não gostas? As abelhas são tão lindas...
-Porque são animais, e eu sou uma pessoa! (Agora já sem chorar, mas ainda soluçando)
-(vendo que não levaria a melhor, perguntei...) Então queres mascarar-te de quê? de princesa?
-NÃO (senti firmeza na voz daquela menina de quase 3 anos) Quero ser como tu!
-Mas eu não estou mascarada!
-Quero ser como tu tia, porque eu gosto de ti.
(senti um nó na garganta e lembrei-me da Maria... das nossas conversas... de como ela queria que a filha fosse uma pessoa com personalidade, que não se deixasse influnciar...)
-Eu também gosto muito de ti meu amor, deixa-me falar com o pai.
-João... veste a Vic com umas calças de ganga, uma camisola de lã e um casaco quentinho e leva-a assim... ela vai ficar feliz, depois envia-me uma foto...
-Está bem (disse resignado)... que miúda teimosa... é igual à mãe... Obrigado!
E desligou...
Eu é que levei a tarde toda a pensar nisto... o nó na garganta não se desfez, e os olhos mantiveram-se húmidos durante largas horas.
Até que ao fim do dia... recebi isto...

Fiquei feliz... porque ela estava feliz, e porque onde quer que a Maria esteja, ontem ficou orgulhosa daquela filha tão desejada e amada...
E vou sempre respeitar a promessa que te fiz, nunca vou deixar de visitar a Vic, e serei sempre a "tia" que ela não tem...(para o bem e para o mal)
Podes ficar descansada Maria, o João está a fazer um excelente trabalho.
A Vitória é a menina mais linda do mundo...

terça-feira, fevereiro 12, 2013

Para mim, o mundo divide-se em três tipos de pessoas:

Aquelas que escrevem "blogue", aquelas que preferem "blog", e aquelas que têm juízo e nem sequer sabem o que isso é.


(Eu só começo a escrever "blogue", no dia em que se começar a escrever "internete".)


DIZEM QUE HOJE É DIA DE CARNAVAL...

DIZEM... EU NÃO VI NADA...
 
PORQUE POR AQUI TRABALHA-SE
MAS ALGUÉM TEM DE AJUDAR A TROIKA, NÉ?
 
(Se hoje não fizesse tanto frio, mascarava-me de escrava do Passos Coelho)

 


Para descontraír deixo-vos um pouco do Carnaval da Bahia...



 

segunda-feira, fevereiro 11, 2013


É IMPRESSÃO MINHA...

 
 
Ou nascem mais blog's por dia que crianças?
 
Deixem-se lá da escrita... que isto não dá lucro nenhum, e vão fazer bebés para um dia pagarem a minha reforma.
É que isto está muito negro, e não vislumbro luz no fundo do túnel...
COMO SABEM, AQUI NA BARRACA NÃO SE FALA DE POLÍTICA...
MAS... ESTA NÃO PODIA DEIXAR PASSAR...

Se o governo pode, porque não há de poder sacar o que que quiser a restauração?
A isto chama-se desenrascanço e é o que tem vindo, e vai, salvar este país!

Ou há moralidade (que o Governo não tem) ou comem todos!



Queres um conselho?



 

Não queiras ninguém.
A sério, não queiras.
 Não queiras ninguém na tua vida.
Não caias no erro de te sentir confortável o suficiente para contar os teus segredos mais bem guardados, os teus sonhos, os teus estúpidos pensamentos do dia a dia.
Confia em mim, não queiras ninguém.
Porque tu estás bem só contigo, só tu e as tuas coisas, coisas que ninguém sabe nem nunca virá a saber.
Porque a partir do momento em que te dás acabou.
Nunca mais vais ficar satisfeito com nada.
Porque nada vai ser suficientemente bom para ti.
Tu tiveste-a...
Essa coisa chamada de felicidade.
 Foi efémera, é verdade, mas tiveste-a.
Sentiste-a ali a pairar suavemente à tua frente, a provocar-te, a pedir-te que a agarres.
E tu quase agarraste, e o problema é mesmo esse, quase...
Por isso não queiras ninguém.
Não dês de mão beijada a tua paz de alma por ninguém, porque depois de a dares nunca mais a tens de volta.
Porque nada vai ser suficiente para ti e tu vais querer sempre ter uma coisa que na realidade nunca foi tua.
Não queiras ninguém, a sério...

sexta-feira, fevereiro 08, 2013


BOM FIM DE SEMANA PESSOAL...
DIVIRTAM-SE!

Hoje apetece-me dançar.
Tenho saudades.
Saudades de sentir o atrito do chão colidir com a sola dos meus sapatos.
Saudades da adrenalina.
Saudades da brisa.
Saudades do cansaço.
Saudades das emoções a saírem pela ponta dos dedos.

Ando com vontades.


[Ó p'ra mim a plagiar-te Euzinha...]
 
 
Provavelmente já não sei escrever.
Ou talvez não...
E eu nunca me venha a esquecer do bom que é exprimir-me, por mais tempo que esteja sem o fazer.
Ás vezes tenho saudades de mim, da pessoa que fui, tenho saudades de chorar enquanto escrevo.
Eu sei que fui eu que escolhi este caminho, e embora esteja feliz (quase)todos os dias da minha vida, quando paro, sinto uma imediata ausência de algo.
Há um pequeno "eu" dentro de mim que grita, chora e pede-me que siga o meu coração.
Mas...
E se eu nunca concretizar o meu sonho?
E se um dia eu me perco neste mar de coisas superficiais e sem conteúdo e me esqueço do prazer da simplicidade?
E se perco a pouca coragem que tenho de me afirmar como amante, como mulher, como pessoa que vive das palavras que lê e escreve.
Ou que escrevia...
Quem disse que podemos ter o melhor de dois mundos enganou-se!
Ah...como eu queria que estivesse certo.