Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

terça-feira, janeiro 29, 2013

 
Já me sentei demasiadas vezes naquele banco.
 
E esperei, mas tu nunca chegaste.
 
Acabei por desistir de ti...
 
Está demasiado frio.

E eu estou demasiado cansada.

8 comentários:

Flow disse...

E há alturas em que devemos desistir, para nosso bem...
Beijinho

Sandra Silva disse...

e se continuares a querer esperar, leva uma mantinha para o frio. ;)

beijossssssss

homem sem blogue disse...

Desistir não é um sinal de fraqueza.

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt

LIRIO SELVAGEM disse...

Pelo contrario HSB, é sinal de coragem!
É chegada a hora de seguir em frente sem olhar para trás.

Eros disse...

Procura outro Trópico!

Há sempre calor no Planeta, basta mudar de sítio!

Beijo*

Sorriso disse...

Confesso que não gosto de esperar e depois é quando não se espera que as coisas melhores acontecem.

Força levanta-te e olha bem, o Universo espera-te para seres Feliz não te esqueças disso!:)
Beijinhos

mary disse...

Ahah apanhaste-me mesmo num mau dia, que eu raramente falo de amor! Volta e meia lá sai qualquer coisa, mas não é muito frequente. É que estou mais ou menos como tu, embora mais para o menos do que para o mais. Para mim continua a ser mais fácil (des)esperar do que desistir!

Somente EU disse...

Já sabes a minha opinião acerca disso, desistir de alguém, que nos magoa, é um acto de coragem, quem ama não abandona e fica.

beijinhos.