Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

segunda-feira, setembro 03, 2012



Não te armes em escritor e não penses que és poeta, na verdade não passas de um artista de rua...


1 comentário:

Quase nos "entas" disse...

eh lecas ;)
ca estou de volta ao teu cantinho :)))
beijinhos