Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

terça-feira, setembro 11, 2012


Descobri há tempos, que existe em Zagreb um museu das relações terminadas que expõe objectos que, de alguma forma, teimam em fazer doer os corações já partidos e ainda não cicatrizados.
Os donos do museu aceitam tudo de quem quiser doar, desde ursinhos de peluche a cartas.
Por isso, se algum dia a vossa relação amorosa chegar ao fim da sua carreira artística, em vez de atirarem um álbum de fotografias pela... janela fora ou pegarem fogo ao montinho de postais que trocaram durante as férias lembrem-se que há alguém que guarda religiosamente todas essas tralhas.
E depois, até pode ser que, um dia mais tarde, quando a fúria passar, por acaso apetece-vos ir dar uma grande volta até Zagreb [porque vale muito a pena], vão visitar o museu e relembram, com um sorriso nos lábios, uma velha história de amor.

6 comentários:

Libelinha disse...

Bem, não sei se queria ver as minhas palavras de amor dirigidas a alguém partilhadas num museu... Mas iria gostar de conhecer as outras historias ;P

homem sem blogue disse...

Muito bom :) Um sítio a visitar

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt

Dúvidas e Certezas disse...

Ideia original e se alguma vez for a Zagreb espero não me esquecer de visitar este museu, mas pegar fogo a qualquer coisa tem outro sabor.. lol

Mam'Zelle Moustache disse...

Ideia gira, essa dos donos do museu. Mas olha que cada vez menos as pessoas têm tralha para deitar fora, quando acabam um relacionamento... a não ser que entreguem o computador ou o telemóvel... ;)

Jingas disse...

eu descobri primeiro laralalalalalala

http://jingas.blogspot.pt/2006/04/curiosidade.html#comment-form

Somente EU disse...

Ainda bem que há esses locais e é dada importância a um sentimento como o amor.

beijinhos e bom fim-de-semana.