Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

quinta-feira, setembro 13, 2012


DEVANEIOS #001



Ele é silêncio e sorriso branco.
Não lhe vejo as asas mas sei que as tem.
Os olhos são castanhos,
doces e observadores, raiados de verde.
Parecem distraídos mas vêem-me a alma.
Olha para mim...
Com sorriso sereno chama-me em silêncio.
Não se move.
Está nu sentado com as pernas flectidas,
para que se pense que os anjos não têm sexo
Mas a sua barba de 2 mm, e os músculos denunciam-lhe o sexo.
Tem salpicos brancos pelos cabelos curtos...
Mais um indício de que tem sexo.
E volta a sorrir-me num ângulo que desenha sobre o ombro.
Tão perto mas de longe ...num convite...
Olho-o em silêncio
Como se quisesse saborear o medo de descobrir a sua existência.
E então.... abre as asas...Poderosas...brancas de ternura
E envolve-me ....
Fecho os olhos para o ver melhor
Dá-me tudo o que um anjo pode dar a um mortal
os beijos são tão suaves que não sei se durmo, acho que estou no limbo...
tem braços quentes e protectores, tem lábios macios e húmidos,
tem dedos sensíveis, tem cheiro...aroma...
tem alma...respira...tem som...hálito...e boca
temperatura.....pele...toque
Tem sexo.....
E eu tenho tudo e o céu ali ao pé de mim e em mim.
Abro os olhos, ......não morri....
Olho-o, sorri-me .... fecha as asas e adormece ao meu lado



4 comentários:

Libelinha disse...

Belo texto... Tenho um anjo assim ;)

Quase nos "entas" disse...

Ai amiga....os anjos não têm sexo....
ou têm??
Manda lá um para cá para eu vêr :))

LIRIO SELVAGEM disse...

Então não? Têm sim... loool

Sorriso disse...

Ui mas que anjo doce esse..!!:) Excelente texto!