Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

quinta-feira, novembro 29, 2012


Existe qualquer coisa de enigmático que se esconde por detrás da falsa indiferença que ambos fazem questão de mostrar. Talvez no indizível dos pensamentos...
Fazem uma espécie de jogo de sedução, mortalmente perigoso e cuja única regra se impõe pelo silêncio que a rege e algo me diz que nenhum dos dois se atreverá a quebra-la, jamais!
Quando forem obrigados a permanecer frente a frente, sem terem para onde fugir, não terão outro remédio que não seja o de arriscar no jogo que servirá também para testar as suas resistências. Por isso, serão jogadores mudos até ao resto da vida, cientes de que nada mais haverá para ganhar, do que aquele momento tão desejado, além daquilo que todos os dias irão perdendo e que já conta desde o início, logo após o fim...
Será que terão coragem de trocar a amizade saudável que têm por uma leviandade, por um capricho, por um impulso, por uma paixão... e se algum dia ganharem, certamente que um dia o peso da perda será sempre maior do que o do ganho.

13 comentários:

Skin n Under disse...

Um tema complicado, mesmo.

homem sem blogue disse...

Esse tema dá pano para mangas...

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt

NightDark disse...

Coragem, para que no fim não haja lugar a arrependimentos :)

Libelinha disse...

Tema sublime... ;)

Jingas disse...

Flor do sul, ceder ao impulso não tem necessariamente de levar a uma perda...quem sabe não leva a uma alteração?

Porque ficar no "e se"?

LIRIO SELVAGEM disse...

Ó Jingas tu és uma iluminada...
Até que enfim uma opinião, obrigada.

Maria Misteriosa disse...

Concordo com o Jingas. Cede-se á paixão sem perder a bela amizade! Com a alteração, forma-se uma relação! Casaram, tiveram filhos e viveram felizes para sempre! :) Gosto muito da forma como escreves.

LIRIO SELVAGEM disse...

Obrigada Maria, tenho pena de não aceder ao teu blogue :(
bjs

Sorriso disse...

Um tema complicado e muito subjectivo Porque é que a amizade saudável não permanece e porque tem de ser trocada por impulsos,paixões ou caprichos? Até mesmo as paixões são fugazes, enquanto uma verdadeira amizade é para sempre. Olha pessoalmente não gosto de "ses" nem de desfechos dramáticos nem mudos.Que seja um final optimista.:)

Quase nos "entas" disse...

cede cede cede....porque haviam de perder a amizade???
se nao der certo....é seguir em frente ;)

PM disse...

Não fiques no 'se'. Como já foi dito, não tem necessariamente de haver perda.
Se for um erro ou se houver perda ao menos que seja saboroso, que tenha algo de bom, que não fiquem dúvidas ;)

Flow disse...

Segue o teu coração :)

Somente EU disse...

Tocas num tema que tenho um certo medo e isto porque são os sentimentos. A melhor coisa que podemos ter de alguém é a amizade e a pior coisa que podemos ter é perder uma amizade. A paixão é passageira e super-fula se vale a pena, na minha opinião não. Se o que une essas duas pessoas é um amor, sim vale a pena porque a amizade não está em causa. Mesmo assim temo sempre, não pelos meus sentimentos mas pelos sentimentos dos outros que nunca sabemos se são verdadeiros.

E é tão fácil disser amo-te e tão díficil estar à altura de um amo-te.

beijinhos.