Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

sexta-feira, novembro 02, 2012



Careço de dias assim...
De profundo silêncio!
Entregue a mim mesma.
Observar com atenção, tudo o que se passa à minha volta e, reflectir...
Olhar para trás, mas seguir sempre em frente!
Sinto uma enorme vontade de fugir...
E como um barco, soltar as amarras que me prendem ao porto, e navegar por mares ainda por descobrir.
Apetece-me dizer Adeus!...
Adeus a tudo...
Ao mundo, à vida que deixo para trás!
Sinto-me como um pássaro, preso numa gaiola, tenho necessidade de me sentir livre, tenho urgência em voar... navegar...desatar os nós, que me prendem a esta vida...
Apetece-me largar tudo, os hábitos, os dias consecutivos e rotineiros, e não sentir saudades nem melancolia...
Preciso sonhar...
Sonhar bem alto...
Necessito me redescobrir...

2 comentários:

Urso Misha disse...

Espero que algumas palavras sejam só escrita e nada mais!
Novas aventuras, amizades...
pode ser que te redescobras e tudo pelo melhor espero que o resto do fds tenha sido melhor :)

Libelinha disse...

Precisas é de vir passar um fim de semana ao Norte ;)
Beijos