Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

quinta-feira, agosto 09, 2012



DIZ-ME...

Tu, que aqui vens... Que esperas aqui encontrar, afinal?

Porque me lês, me perscrutas o olhar, me sondas o pensamento?

E que te digo eu, nas entrelinhas?

Who am I, anyway...?

3 comentários:

Jingas disse...

espero te encontrar a ti mocinha! :)

homem sem blogue disse...

Espero encontrar os teus maravilhosos textos :)

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt

G. disse...

Deixas-me sempre a pensar com os teus textos maravilhosos.

Eu já encontrei mais uma "amiga" que apesar de não conhecer, me identifico com ela, com quem simpatizo muito.

Se esse diz-me dor para alguém em especial, nunca dirá, ou dirá simplesmente: "é para saberes se andas bem..."