Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

segunda-feira, agosto 13, 2012


Desisto de ti porque até o amor tem limites, tem um fim anunciado, mesmo quando não acaba.
Desisto de ti com a mesma força com que amei e por isso tenho a alma rota, o coração guardado numa caixa, com fotos, cartas e outras coisas ridiculas.
E aqui estou eu...
E é como se fosse invisível esta dor insuportável que me aperta o peito e me fixa o olhar como se estivesse drogada, dopada e incapaz de ser mais do que esta representação de mim mesma.
Desisti de ti e comuniquei-o a todo o meu corpo.
Disse à minha pele que esquecesse de procurar a tua, o teu perfume afinal nunca existiu e os meus ouvidos nunca reconheceram os teus passos na escada.
Mas apenas a minha cabeça compreende perfeitamente esta decisão.
O resto de mim foi-se embora e não sei quando voltará, porque leva tempo a habituarmo-nos à tua ausência, a mim e ao meu corpo e à minha alma.
Quanta gente sentirá o mesmo?
O amor é sempre igual, mesmo quando é diferente.
A urgência do outro, do corpo do outro, da voz e sei lá que mais, tudo é igual em quem ama.
Por isso a separação também é idêntica.
E neste preciso momento uma boa parte da humanidade tem estes olhos vazios, este amargo na boca e aperto no estômago.
É engraçado saber-me acompanhada por desconhecidos.
É engraçado e irónico que entre essa multidão não estejas tu.
Desisti de ti e tu nem sequer o percebeste...
Apenas um número de telemóvel retirado na lista, apenas alguém que te fez rir e ter prazer.
É este o resumo da minha história. Engraçado, não é?"

QUANTA GENTE SENTIRÁ O MESMO...

7 comentários:

MC- Maria Capaz disse...

POr vezes desistir é a melhor opção ...

Jingas disse...

... muita força míuda. Até para desistir é preciso força. bj

homem sem blogue disse...

Ate neste momento é preciso força. Espero que a tenhas e que tudo corra bem

beijos

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt

NightDark disse...

Xiiii...o fim de semana foi "mau" para estes lados...

O Sexo e a Idade disse...

às vezes é preciso saber desistir...não insistir...

Somente EU disse...

Desistes do amor ou do sofrimento? não sou de certeza a melhor pessoa para comentar nem dar conselhos, desculpa.

beijinhos

PM disse...

Desistir de alguém que se ama dói muito mas temos que nos amor a nós próprios em primeiro lugar.
Desperdiçar tempo, energia, lágrimas em quem não quer saber só nos destrói aos poucos.

Sei como é complicado e como dói, também vivo isso. Custa mas vai passando.