Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

terça-feira, outubro 23, 2012



Engulo as palavras!
Escondo o sofrimento!
Fecho o coração!
Não argumento!
Simplesmente, aceito!...
E passivamente vejo-te sair da minha vida, da mesma forma como entraste...
Sem pedir licença!
Nunca prometeste nada... e eu nada te pedi...
Mas nos meus lábios, ficou o gosto doce, de um beijo nunca saboreado!
E o calor do teu corpo, num abraço nunca sentido!
O som da tua voz ficará para sempre no meu ouvido.
.......
Não te preocupes...
Lentamente, vou desaparecendo, da tua rotina diária...
Mas de uma coisa podes ter a certeza, nunca te vou esquecer.
(como é possível ter saudades de alguém com quem falamos todos os dias?)




5 comentários:

Quase nos "entas" disse...

isso é ...o amor :D

Beijo lindona

homem sem blogue disse...

É uma das muitas coisas boas da vida :)

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt

Flow disse...

É possível sim :) Eu também tenho dessas saudades de que falas :)
beijinhos

NightDark disse...

De certeza que a outra pessoa também não te esquecerá.

Mas...fizeste/fazes tudo para que não tenhas essa sensação de saudade? ;)

G. disse...

Tb sou assim. Chego-me demasiado às pessoas e dps sofro. Mas, ao longo do tempo cria-se mecanismos de auto-defesa, embora custe e muito...