Certa madrugada fria irei de cabelos soltos ver como crescem os lírios. Quero saber como crescem simples, belos e perfeitos!Ao abandono nos campos...

quinta-feira, maio 23, 2013

Quando as gravações estavam no auge, retirei-me de cena e deixei o protagonismo para quem dele precisa para viver…
A minha retirada foi estratégica…
Fiquei como espectadora de uma cena que também era minha, e delicio-me com as confusões das personagens…
Aqui nos bastidores consigo decifrar melhor o vilão do herói neste enredo quase hollywoodesco.
Os diálogos sucedem-se… suaves e disciplinados como sugeria o guião, mas de quando em vez o protagonista perde-se nas deixas, esquece o texto e improvisa…
E é no desespero do improviso que a máscara cai e dá a conhecer um pouco a sua verdadeira personalidade, aquela que quase ninguém conhece!
Divirto-me com as suas gafes que ninguém parece notar!
O seu altivo desempenho é digno da estatueta dourada, quanto aos outros, apenas se limitam a dizer o texto previamente estudado (a estes não lhes é dado o direito de improvisar para não ofuscar a estrela) são os chamados figurantes, pensam que fazem parte desta história, mas são meros fantoches nas mãos manipuladoras da personagem principal.
Eu já fiz parte deste elenco, fui durante muito tempo um mero figurante…
Hoje sou apenas espectadora deste filme medíocre e egocêntrico!
Tornei-me a personagem principal do filme da minha vida.

4 comentários:

Sorriso disse...

Bem ,quanto a mim somos todos a personagem principal do filme da nossa vida, mas os outros são também, mas da deles..e é nesta relação e interacção de personagens principais que a vida se desenrola. O filme da vida de cada um , quanto a mim ,não pode ser mediocre ou egocêntrico..é assim que vejo, mas realmente a concepção de vida tem a ver ,essencialmente ,com a vivência de cada pessoa e o que se possa por aqui escrever sem ir ao fundo das questões é filosofar..

É certo que, por vezes, para reflectirmos sobre a nossa própria vida ,temos de nos distânciar e deixar de ser protagonistas por uns momentos ,mesmo que breves,pois aí encontramos a resolução para muitos dos nossos problemas quotidianos.

Hoje a conversa é mesmo filosófica Lírio...:)
Beijinhos e um bom dia para ti.

NightDark disse...

Só gente a querer ir para Cannes...

Carpe diem to me disse...

E é sempre melhor sermos a personagem principal do filme das nossas vidas!

Beijinhos

Liz disse...

E uma forma genial de por as coisas :) **